+55 61 3107-6828

secpgpsto@unb.br

Bem-vindo ao novo portal do PSTO

Apresentação

Missão

Produzir pesquisa e oferecer formação stricto sensu de nível internacional com ênfase na avaliação do cenário atual, no estudo das relações no trabalho e na sociedade e na produção de conhecimentos em métodos e psicologia social para subsidiar diversas aplicações.

Objetivos

O Programa de Pós-graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (PG-PSTO) é avaliado, pela Capes, no nível 6 (Programa de Excelência – Avaliação Quadrienal 2017). Ele tem por objetivos:

1. Produzir conhecimento inédito;
2. Desenvolver, aplicar e avaliar instrumentos, procedimentos e estratégias de diagnóstico e intervenção;
3. Fornecer fundamentação teórica e metodológica para a docência e a pesquisa;
4.  Contribuir para o aprimoramento de valores éticos que devem orientar a pesquisa científica, a docência e a prática profissional.
O PSTO oferece formação em nível de Mestrado acadêmico e Doutorado.

Perfil do egresso

Pesquisa

1. Ter domínio dos pressupostos epistemológicos das teorias e abordagens em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações;
2. Analisar criticamente a literatura científica em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações;
3. Formular problemas de pesquisa relevantes, decorrentes dessa análise;
4. Identificar e formular problemas de pesquisa relevantes, considerando observações do campo e demandas sociais;
5. Delinear projetos de pesquisa e diagnóstico em ambientes sociais, organizacionais, do trabalho e educacionais;
6. Avaliar as implicações éticas da condução de projetos de pesquisa e diagnóstico em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações;
7. Avaliar a qualidade de instrumentos de medida existentes ou adaptar, elaborar e investigar as evidências de validade de tais instrumentos;
8. Selecionar e executar as análises adequadas de dados de projetos de pesquisa e diagnóstico;
9. Relacionar e integrar resultados provenientes de diversas pesquisar nas áreas de psicologia social, do trabalho e das organizações;
10. Discutir os resultados de pesquisa no campo teórico e metodológico dessas áreas, mostrar convergências e possíveis divergências e formular hipóteses explicativas que contribuam para a compreensão do fenômeno estudado;
11. Redigir textos referentes a relatos de pesquisa, revisões e sínteses de literatura científica;
12. Elaborar pareceres científicos para agências governamentais, organizações privadas e periódicos especializados.

Ensino

1. Elaborar programas de curso, disciplinas e treinamentos nos âmbitos do ensino superior, com base nos fundamentos da Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações;
2. Elaborar planos de aula nessas áreas, contendo objetivos, conteúdo de ensino, sistema de avaliação, estratégia pedagógica e bibliografia;
3. Mediar o processo ensino-aprendizagem, a partir do domínio teórico e metodológico dos conteúdos em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações;

Extensão

1. Promover a mediação entre a ciência e a prática em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, visando formular, coordenar, executar e avaliar projetos de intervenção profissional;
2. Assessorar organizações públicas, privadas, não-governamentais, movimetnos sociais, culturais e sindicais e grupos sociais minoritários, com base nos fundamentos dessas áreas;
3. Assessorar a realização de concursos públicos de provas e títulos;
4. Emitir pareceres técnicos, laudos e avaliações nos campos temáticos da Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações;
5. Elaborar instrumentos de avaliação para concursos públicos e outros processos seletivos;
6. Realizar perícias sobre questões temáticas que demandem conhecimento e métodos da Psicologia Social, do trabalho e das Organizações;

Saiba como usar a nossa marca,
nos seus trabalhos